Home » Esportes » Com Mancini no comando, Vitória ainda não levou gol fora de casa

Com Mancini no comando, Vitória ainda não levou gol fora de casa

Patric crê que não sofrer gols fora de casa pode ser o segredo sair da zona

Não tem como analisar a campanha no Vitória no Campeonato Brasileiro sem pensar em dois períodos: antes e depois de Vagner Mancini. Desde que o treinador assumiu, na 17ª rodada, o rubro-negro não perdeu nem sofreu gols como visitante. Notícia boa já que, às 20h de segunda-feira (28), o Leão pega o Coritiba no Couto Pereira.

Os números são animadores. Antes de Mancini, o Vitória tinha 29 gols sofridos, sendo 14 fora de casa. Depois da chegada do técnico, a cozinha foi organizada e o time, que fez cinco jogos, venceu três, empatou um e perdeu um.

Fora de casa foram três jogos: empatou com o Cruzeiro em 0x0 no Mineirão, venceu o Flamengo por 2×0 na Ilha do Urubu e tirou a invencibilidade do Corinthians ao vencer por 1×0, em pleno Itaquerão. Total de três gols feitos e nenhum sofrido. O Leão tem a 6ª melhor campanha como visitante na Série A.

Responsável por aliviar uma carência na lateral esquerda do Vitória, Juninho admite que o time mudou. “Estamos em uma crescente, a postura da equipe agora é outra. Nem sempre vamos conseguir vencer, mas estamos dando o máximo”, disse Juninho, que passou a ser titular com a chegada de Mancini. Ele chegou ao clube na véspera da demissão de Alexandre Gallo.

Juninho garante ainda que há tempo hábil para ver a equipe livre do Z4. “Dá tempo de recuperar. São os mesmos jogadores que estavam aqui no início, mas o grupo teve uma mudança de postura muito grande”, completou.

O desempenho da equipe rubro-negra melhorou significativamente: até a 16ª rodada, só 25% de aproveitamento (12 pontos em 48 possíveis). Nas cinco últimas rodadas pulou para 66,6% (com 10 dos 15 pontos disputados).

Peça sempre presente nos jogos de Mancini, mas vindo do banco, Patric acha que não sofrer gols fora de casa pode ser o segredo para o Vitória, enfim, se livrar da zona de rebaixamento. O Vitória é o 18º colocado, com 22 pontos. “Fizemos excelentes jogos fora de casa recentemente contra Cruzeiro, Flamengo e Corinthians. Em todos esses jogos não sofremos gol. Acho que esse é o segredo: termos uma defesa sólida, pois na frente temos jogadores de qualidade que a qualquer momento podem decidir um jogo. Respeitamos muito o Coritiba, mas viajaremos confiantes na busca de mais um bom resultado”, avalia o lateral, que tem entrado no meio de campo durante as partidas.

A defesa titular de Vagner Mancini está na ponta da língua: Fernando Miguel, Caíque Sá, Kanu, Wallace e Juninho. Desses atletas, Caíque Sá e Kanu não saíram do time desde que o treinador estreou, no dia 30 de julho.

Wallace, por suspensão, foi substituído por Bruno contra o Avaí, enquanto Juninho deu espaço a Geferson diante do Flamengo, após ter sido vetado por virose. O único que saiu do time por opção foi Fernando Miguel que, contra a Ponte Preta, foi mandado para o banco e Caíque foi testado.

Fonte :Correio da Bahiacsm_23082017FV2000_e2c2011cbe

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow