Home » Esportes » Simples comentários do jogo Bahia 4×0 Blooming

Simples comentários do jogo Bahia 4×0 Blooming

Cmo todos os jogos sempre procuro manter a coerência nos comentários a respeito do jogo sem me preocupar em avaliar por menores asvtaticas.

Ontem, o que vi foi um Bahia determinado a vencer. Não estou a endeusar nem a colocar panos quentes nas feridas do time do Bahia.
Mas, como comunicador preciso analisar não só o resultado.
É preciso observar o conjunto da obra, dentro e fora do campo.
Além de golear o time do Bahia criou muitas situações de gols, perdeu muitos gols e a marcação não foi bem (mesmo não tomando gols). Quem estava lá no estádio, não como torcedor (e eu estava lá como observador midiático e futebolista), não pode simplesmente fechar os olhos para erros e para a tentativa de acertos.
Pois bem, vimos um Blooming que duro (bateu pra caramba), até com certa violência sem bola. Vi várias vezes fora do lance algumas situações de temerária violência. E uma coisa que me chamou atencao foi o fato do zagueiro Lucas Fonseca (sempre brabo e as vezes envolvido em violência dentro de campo) ter sido ostilizado várias vezes e até mesmo chamado pra porrada e permaneceu inerte.

O volante Latorre do Blooming só faltou bater na arbitragem, porque até sem bola ele dava em quem passava.

Leonardo Vaca sempre levando perigo ao gol tricolor. O atacante Vargas sempre presente nas jogadas de perigo do time boliviano.
Foram 5 cartões amarelos para o time do Blooming. E 5 cartões amarelos para o Bahia.

Em relação as estatísticas do jogo, o Bahia deu 13 chutes (sendo 6 no gol) contra 9 chutees do Blooming (sendo 2 no gol).
O Bahia teve 59% de posse de bola, contra 41% de posse de bola do Blooming. Ocorre que até os 25 minutos do segundo tempo o Bahia chegou a ter 67 % de posse de bola. E foi cedendo espaço e chamando o time boliviano para sua defesa (problema crônico do Bahia esse ano).
Só para ter uma ideia, o Blooming teve 9 escanteios a seu favo, contra 3 do Bahia.
O time boliviano ficou 2 vezes em impedimento, enquanto que o Bahia ficou 4 vezes impedido. O Bahia cometeu 13 faltas, e o Blooming 19. Nesse ponto aí podemos até dizer que os cartões tricolor são mais pelo que os atletas tem falado do que pelas faltas.

Agora eu quero mandar um recado para o senhor Guto Ferreira: ” Guto, ou você tem algum problema pessoal com Regis…ou quer criar problema com a torcida por birra mesmo. Abra seu olho Guto Ferreira, você tem o grupo na mão (ainda), mas…sua birra e teimosia pode fazer esse grupo se virar contra você. Quem avisa amigo é!”

Não é possível que Guto “teimoso birrento” Ferreira não queira entender o quanto o time flui melhor com Regis em campo. O Bahia fez seu primeiro gol aos 26 minutos do primeiro tempo, até aí um jogo monótono e que dava sono. Sem qualidade no meio campo.
Começa o segundo tempo e o Bahia vem com uma mudança (Regis no lugar de Elber), e aí o jogo muda, a movimentação de todos melhora. O futebol de Vinícius aparece com Regis em campo. Zé Rafael ganha em movimentação e criação. O garoto Júnior Brumado tem tanto espaço que além de marcar o quarto gol do Bahia, ainda dá assistência para o terceiro gol tricolor.
Não consigo entender como Guto “Teimoso Birrento” Ferreira não percebe a importância de Regis no meio campo tricolor. É o jogador de criação de ofício que tem no elenco do Bahia. Com ele em campo todo o time muda de comportamento. É o líder que os mais novos precisam e que os mais velhos respeitam.
Guto, Guto…eu vi ontem em campo os jogadores do Bahia de sorriso largo quando Regis entrou em campo. Vi também uma manifestação de um atleta: “pronto.
..agora é com a gente!” (não vou dizer quem foi…porque tem gente que prefere o tumulto do que o sucesso do futebol da Bahia. Eu defendo o futebol baiano).

E realmente o Bahia mudou a postura com Regis em Campo. Fez mais três gols e teve espaço para muito mais. Agora o Bahia vira a chave e pega o Vasco no domingo em Salvador no estádio Arena Fonte Nova.

Bom, foi só uma análise simplória… Santos e Santos para a Rádio Planetários Digital.

Luis Antônio Santos e Santos – Radialista / Comentarista Esportivo

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow